Tel.: (11) 3149-5190 | 0800-773-9973

logo home

Brentuximabe é incorporado no SUS

banner PTI

 

Medicamento representa importante evolução no tratamento do linfoma de Hodgkin

 

Hoje recebemos uma excelente notícia: o Brentuximabe Vedotina acaba de ser incorporado no rol de procedimentos do Sistema Único de Saúde (SUS), pela Secretária de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde.

Isso quer dizer que pacientes com linfoma de Hodgkin refratário ou recidivado (quando a doença volta) após a realização do transplante de medula óssea, e que realizam o tratamento em hospitais públicos, terão acesso ao medicamento.

Esta é uma conquista para os milhares de pacientes de todo o Brasil e, nós, da Abrale ficamos muito felizes em poder ser a voz de cada um deles e ter colaborado com mais este feito para a saúde pública do país.

Em 2017, nosso departamento de Políticas Públicas se reuniu com a CONITEC (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS), para solicitarmos atenção especial ao medicamento, afinal os resultados positivos do Brentuximabe eram um importante diferencial no tratamento.

Em 2018, foi aberta uma Consulta Pública e com a nossa ampla divulgação e apoio de importantes parceiros, como médicos, pacientes e hospitais, conseguimos alcançar muitas pessoas e assinaturas.  

O Brentuximabe é composto por um anticorpo monoclonal, também conhecido por imunoterapia, que se liga a uma substância destinada a matar as células cancerosas. Ele é aplicado intravenoso e sua quantidade é escolhida de acordo com o peso do paciente.

Para obter mais informações sobre o linfoma de Hodgkin acesse http://abrale.org.br/lh/o-que-e

 

Fonte: Comunicação Abrale

 

Busca rápida


Importante!

Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. Em caso de dúvida consulte seu médico! O acesso a informação é um direito de todos.

 

logo rodape parceria social v02